O futuro promissor no cenário gamer nacional.



PC GAMER


Como o Brasil tem tudo para ser um dos maiores desenvolvedores de games.


O Brasil é um dos grandes expoentes do cenário gamer mundial, com um público de aproximadamente 67 milhões de pessoas vidradas em todas as plataformas eletrônicas.


GLOBO ESPORTE


Porém, ao falarmos do cenário nacional, é imprescindível que a gente mencione o desenvolvimento de jogos e softwares. Mesmo com as adversidades internas e uma concorrência um tanto quanto mais forte, o Brasil consegue se destacar de forma signficiativa nesse quesito.


Uma pesquisa realizada em 2018 pela Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos levantou que em nosso país existem mais de 375 empresas atuantes neste nicho, um aumento de 182% em relação à mesma pesquisa realizada em 2014.


Empresas como Aquiris, Wildlife Studios, Yupi Devshop e Tapps Games são as maiores referências que temos no cenário nacional, produtoras realmente grandes e com destaques significativos que elevaram o patamar do Brasil.


WILDLIFE STUDIOS: UM SUCESSO INCONTESTÁVEL.


WILDLIFE STUDIOS


Especificamente sobre a Wildlife Studios (que é focada no desenvolvimento de jogos para dispositivos mobile) podemos citar o status de maior empresa do ramo de toda a América Latina, uma vez que atingiu o status unicórnio e se encontra entre o seleto grupo de startups com vamor de mercado de, no mínimo, um bilhão de dólares.


A mão-de-obra deste setor nunca parou de se qualificar visando sempre produzir o melhor para o público, o que atraiu a atenção de investidores e, mesmo com a pandemia da COVID-19, as produções não pararam, mesmo que feitas de forma remota.


Apesar da grande dedicação interna, as empresas desenvolvedoras de jogos ainda precisam de grandes incentivos do governo, para que cada vez mais estas empresas possam manter o Brasil entre as maiores potencias em âmbito internacional.